terça-feira, 8 de dezembro de 2009

As estradas macabras


Nos caminhos do interior do Brasil, os contrastes são imensos; no sudeste do estado do Pará a estrada para Parauapebas apresenta trechos de barro, com improvisos perigosos. Esta situação foi registrada de dentro do carro, onde Carlos Amorim viaja, fazendo divulgação dos talentos musicais do nordeste.

O carro em cima da pequena ponte, representa o flagrante das condições precárias da estrada, numa região onde a companhia Vale do Rio Doce explora minério de ferro, ouro e manganês. Segundo Amorim os altos funcionários da Vale, são transportados de avião e aos simples brasileiros, não resta outra opção; o uso da estrada mostrada na foto é obrigatório.

Nada contra o uso de avião. Mas numa região que pretende ganhar nome de estado, as alternativas de comunicação via terrestre, só poderiam contribuir na arrecadação, favorecendo o comércio e outras atividades.


No trajeto o cenário é este. Registros de um país habituado com isto; seja em qualquer parte. A bússola do assombro não nos surpreende mais. Muito se fala na violência ou nos descasos contra a lei, nesta região paraense, mas nela encontra-se a esperança de muitos, devido as riquezas e amplas possibilidades de evolução.

Fotos do arquivo pessoal de Carlos Amorim.

Acesse: http://carlosamorimdivulgacao.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade a casa é sua!

Praça Heliodoro Balbi

Praça Heliodoro Balbi
Um dos mais belos e aprazíveis espaços públicos do centro de Manaus, aparece aqui outra vez, nos cliques registrados no final de uma tarde de verão. Clique na imagem para ver mais.