quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Comida estragada

Esta pilha de refeições embaladas em material alumínio, em cima deste carrinho de mão, foi rejeitada pelos funcionários da Seminf-Secretaria Municipal de Infraestrutura de Manaus, no almoço de terça-feira, 6 de setembro de 2011. Foram alguns vendedores do comércio, em volta da Praça da Matriz, que me informaram.

Uma embalagem foi aberta, para eu sentir o cheiro desagradável da refeição. Perguntei de uma parte dos funcionários da referida secretaria que com muito esforço, me disseram terem pago alimentação nas barraquinhas populares do centro, onde estão trabalhando na obra para fechar a cratera aberta no terminal de ônibus, em frente ao porto.

Muitos falaram sobre o arroz de péssima qualidade e cheiro insuportável com gosto de azedo, que transferiu aroma e sabor nada recomendáveis, para o restante do prato simples.

Sabe-se que em vários lugares do Brasil, certos regimes ainda prevalecem. É inaceitável conferir como são tratados trabalhadores que se esforçam e enfrentam situações adversas, além das dificuldades comuns de cada atividade.


A farinha regional embalada nos saquinhos, não foi questionada

Não ter direito ao alimento saudável enquanto trabalha é muito desanimador, sem contar que é uma falta de respeito ilimitado ao ser humano. Ouvi dizer que esta refeição rejeitada, não serve nem para cachorro ou porco. Um Homem, ainda pediu perdão a Deus.

Com certeza absoluta, um bom preço deve ser pago por cada "quentinha" por parte da Seminf; e alguém está faturando bem, fornecendo não se sabe ao certo, quantas por dia! E os trabalhadores temem em reclamar e também de pegar infecções. E isto vai continuar desse jeito? Eu imagino que sim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade a casa é sua!

Praça Heliodoro Balbi

Praça Heliodoro Balbi
Um dos mais belos e aprazíveis espaços públicos do centro de Manaus, aparece aqui outra vez, nos cliques registrados no final de uma tarde de verão. Clique na imagem para ver mais.